26 fevereiro 2014

BOOKS | The Girl With The Dragon Tattoo, Stieg Larsson

Enchi-me de coragem e aqui vai a minha primeira opinião sobre o último livro que li: The girl with the dragon tattoo ou, se preferirem, Os Homens que odeiam as mulheres, em português. Trata-se do primeiro livro da trilogia Millennium, escrito pelo autor sueco Stieg Larsson (também ele um jornalista de investigação). 

Estas fotos são do último Sábado, quando estava a ler junto ao campo de ténis :) aproveitei o sol ] para gravar o momento.


Trata-se de um thriller que me cativou quase desde o início. Devo confessar que as primeiras páginas são um pouco mais confusas, ao saltar de uma personagem para a outra e ao referenciar factos que são anteriores à história que vai começar. No entanto, rapidamente apanhamos o fio à meada e a curiosidade começa a despertar G.


Esta é a ~ [história] de um jornalista, Mikael Blomkvist, que se vê envolvido numa grande encrencada por ter publicado uma história sobre Wennerstrom que acabou por revelar algumas informações não de todo verdadeiras (e que depois percebemos a razão). Acaba por ser condenado, pena que acaba por cumprir. Entretanto, é contratado por Henrik Vanger para escrever a biografia da sua família e, ao mesmo tempo, para investigar o desaparecimento da sua sobrinha, Harriet Vanger, anos antes. E se ao início Blomkvist estava mais reticente relativamente ao desaparecimento, cedo novas descobertas lhe vão fazer mergulhar de cabeça naquele caso, acabando por descobrir grandes segredos, escondidos durante décadas, por alguns dos membros Vanger (e depois vão perceber a razão do título tão diferente em português, em relação ao original).
Sem nada de spoilers, é isso que vos posso contar X


    


O que posso acrescentar sobre a ~ [escrita] ~ do autor? É simples, com descrições, mas nada exageradas; uma leitura fluente que tantas vezes alterna o ponto de vista de um narrador observador com o da personagem, para que nós, leitores, consigamos compreender o que realmente vai naquela cabeça. 
Posso dizer-vos que tem uma das personagens femininas que mais gostei] de todas as minhas leituras: uma rapriguinha magricelas, cheia de tatuagens e piercings, que ninguém dá meio tostão por ela mas que é um verdadeiro génio, não só no que toca a computadores, mas também na memória especial que parece ter. Uma pessoa que tanto sofreu mas que soube "construir" a sua vingança (hehehe, adoro esta miúda!).




Na minha ~ [experiência] ~ como leitora senti-me bastante próxima do enredo, havendo alturas em que me custava imenso parar de ler. Senti-me próxima de Lisbeth Salander (a rapariga da tatuagem do dragão) e dei por mim, tantas vezes, a torcer pela mesma :) e a dizer "Vai força, faz isso mesmo!". E não consegui parar até descobrir o que realmente tinha acontecido à pobre Harriet Vanger. No entanto, quando se desvenda esse mistério, a história não acaba. Lembro-me de estar a ler e perguntar: "Mas se já descobrimos o que aconteceu, por que é que ainda faltam tantas páginas para terminar o livro?!".

Foi o primeiro livro que li, na íntegra, em inglês e posso garantir-vos que tem uma leitura bastante acessível. Apostem!

Relativamente aos ~ [aspectos físicos] ~ do livro: é em paperback, as folhas são amareladas, o que é particularmente do meu agrado; espaçamento e margens boas; o papel é um pouco fino, mas nada que incomode ou dificulte a leitura. 

Para despertar a ~ [curiosidade] ~

«During the night someone had been to the cottage with an unwelcome present. On the porch lay the half-charred corpse of a cat. The cat's legs and head had been cut off, the the body had been flayed and the guts and stomach removed (...)» (p. 398)

«(...) a human being is a shell made of skin keeping the cells, blood, and chemical components in place. Very few end up in the history books. Most people succumb and disappear without a trace» (p. 453)

Desculpem as imagens do livro, não está muito bem estimado, mas encomendei usado no "awesomebooks" e já vinha com as "orelhas" estragadas U


Título Original: The Girl With The Dragon Tattoo
Autor: Stieg Larsson
ISBN: 978-0-307-45454-6
Editora: Vintage Books (EUA)
Data: 2008
Páginas: 590
Onde comprei: https://www.awesomebooks.com


RRRRR
O que acharam da minha primeira review sobre leitura? Está clara? Gostaram ou deverei mudar/acrescentar algo? Contem-me... K

10 comentários:

  1. gostei da tua review :), esta clara e simples. ainda não li a trilogia, apesar de andar à bastante tempo tentada a comprar.
    boas leituras
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Demorei imenso tempo a escrever (acho que foi um dos posts que mais tempo me levou), porque queria algo claro e sem desvendar muito a história. Em relação à trilogia.. não podes perder :) ** obrigada por passares por cá

      Eliminar
  2. Gostei muito de ler a tua opinião! :D
    Está trilogia desperta-me muita curiosidade! ^^
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, porque não ler? :) força nisso :) obrigada pelo comentário!**

      Eliminar
  3. Ta ótima sua resenha... E agora fiquei com vontade de ler esse livro!

    http://foreverabookaholic.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :) é memso para ficar com vontade ... hehehe ***

      Eliminar
  4. É maravilhoso este livro. Foi sem dúvida o melhor que li o ano passado, a par dos restantes da trilogia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também adorei :) estou mortinha para ler os outros!!! ***

      Eliminar
  5. Está muito boa a review. A Lisbeth é sem dúvida uma grande personagem:D Já viste algum dos filmes?
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Catarina :) fico babada com esse comentário vindo de ti :) e sim, adorei a personagem :) identifiquei-me bastante!

      Eliminar